O que é tarja preta? Confira

Índice

Hoje em dia percebemos que as pessoas conseguem conversar mais abertamente sobre problemas como a depressão ou ansiedade, inclusive que precisam de alguma medicação tarja preta.

Isso na verdade é um avanço que devemos comemorar pois é importante falar sobre transtornos que acometem uma grande parte da população.

Muitas famosas e influenciadores digitais abriram a sua intimidade e privacidade para conversar um pouco mais sobre esses problemas que eles estão passando. Por conta disso, vemos que outros pacientes com diagnóstico de transtornos como a depressão ou a ansiedade se sentiram mais livres para falar sobre o assunto.

Sabemos que transtornos parecidos com a depressão ansiedade costumam prejudicar de forma direta a qualidade de vida desses pacientes além do seu bem-estar.

Geralmente, as causas ou a origem desses problemas são os mais diversos possíveis, precisando de um profissional da área de psicologia acompanhe o paciente para que ser diagnóstico seja cada vez mais específico e voltado para o tratamento.

Comunidade da Fepo

Dentre as causas mais citadas por parte dos pacientes que já estão passando por isso, vemos que o foco é em preocupações em excesso, assim como obstáculos que são encontrados na rotina diária mesmo.

Os problemas podem ser ligados a traumas antigos, ou até mesmo mudanças radicais no dia a dia. Nem todo mundo se adapta há uma realidade totalmente diferente.

Nesse sentido, é interessante citar o tratamento que esses transtornos geralmente acometem, que dentre tantos existentes o uso de medicamentos é o mais famoso.

Analisando o leque de opções que a indústria farmacêutica proporciona para esses pacientes, vemos que a tarja preta é a mais conhecida até mesmo por quem não é diagnosticado com nenhum sintoma. Vamos então conhecer um pouco mais sobre esse medicamento.

Terapia online para sua saúde e bem-estar

A nenhum momento estamos indicando o uso de nenhum remédio, e sim informando os leitores a título de conhecimento.

tarja_preta

Entendendo sobre a tarja preta

Para compreender melhor sobre o que é o medicamento da tarja preta, é necessário entender sobre sua classificação, principalmente visual, que se trata sobre o grau de risco que esse medicamento pode ofertar o seu paciente.

Primeiramente, é interessante ressaltar que os medicamentos que não possuem tarja não têm o costume de ocorrer efeitos colaterais muito graves, dispensando inclusive a prescrição médica.

Chat de Apoio Emocional

Porém esta falta de obrigatoriedade da prescrição médica não significa que você deve tomar qualquer medicamento sobre nenhuma recomendação de profissionais da área, até porque eles também possuem contraindicações.

No caso dos medicamentos que possuem uma tarja vermelha isso significa que eles precisam da receita médica, isso porque os seus efeitos podem ser mais sérios dos que não possuem tarja e as consequências podem ser gravíssimas.

Em alguns casos, os medicamentos que possuem a tarja vermelham não necessitam da receita retida na farmácia, somente nos casos em que há um controle por parte do governo, como é o caso dos antibióticos.

E por fim, os medicamentos com tarja preta representam riscos à saúde de natureza muito grave, que podem levar até mesmo a uma certa dependência física ou psíquica, sem falar da tolerância.

Esses medicamentos conseguem agir diretamente no nosso sistema nervoso central, e por esse motivo eles podem causar sedação.

Quando esses medicamentos são utilizados de maneira inadequada, o corpo desse paciente pode necessitar de doses ainda maiores do que o recomendado, acarretando um risco de morte.

Programa de Atendimento Social

Por isso é tão importante reforçar como o profissional da área de psicologia é essencial nos casos de tratamento que precisam ser acompanhados com medicamento.

Você não pode realizar um auto diagnóstico, logo, quem é o capacitado para recomendar o uso de remédios é um profissional formado em uma área devidamente capacitado, então procure por ajuda quando julgar necessário.

Quais os efeitos da tarja preta?

Pela lógica, se os remédios de tarja preta são mais fortes e com consequências mais graves do que os outros, você deve prestar atenção em quais são os efeitos que esse remédio pode surtir no seu corpo.

O efeito mais comum de todos, sendo o mais citado dentre os pacientes que fazem uso desse medicamento, é a sonolência. Portanto, é comum sentir muito sono depois de tomar.

Outros efeitos podem ser em relação a dores de cabeça que consequentemente levará a uma tontura ou até mesmo vertigem.

Quanto a problemas relacionados com aspectos gastrointestinais podemos citar o enjoo e a sensação de ressaca mesmo sem ter bebido nada de procedência alcoólica.

Por último, é possível citar os delírios e a euforia como os sintomas mais raros, porém muito fortes que ocorrem com esses pacientes.

Se você precisar desses medicamentos o que pode ser feito é a preparação mental. Você não deve ficar pensando somente em como isso surtirá efeito no seu corpo.

O exercício mental talvez seja a tarefa mais difícil, até porque a nossa mente possui um grande efeito no dia a dia. Mas com certeza dominar como a sua mente reage é um ganho muito eficaz nesse momento.

Felipe Laccelva

Felipe Laccelva

Psicólogo formado há mais de dez anos, fundador e CEO da Fepo. Fascinado pela Abordagem Centrada na Pessoa, que tem a empatia como eixo central para transformar o ser humano. Sempre buscou levar a psicologia para mais pessoas e dessa forma criar um mundo mais saudável e acolhedor.

Agendar consulta