Transtornos psicológicos, os 4 mais comuns no Brasil

Índice

Os transtornos psicológicos são caracterizados por serem de disfunções quanto ao funcionamento da mente, tadinho do afetar diretamente qualquer homem ou mulher, independentemente da idade.

Esses transtornos psicológicos são provocados por algumas alterações no sistema nervoso central, não necessariamente sendo uma questão genética.

Hoje em dia, com o advento da pesquisa e ciência, podemos perceber que a área de psicologia já conseguiu desvendar alguns desses transtornos mentais, bem como classificar de acordo com os sintomas recorrentes.

Por esse motivo, achamos importante elencar alguns dos transtornos psicológicos, os que mais afetam a população atualmente.

De fato, temos como os principais transtornos a ansiedade, depressão, esquizofrenia, transtornos alimentares, estresse pós traumático, somatização, transtorno bipolar, transtorno obsessivo-compulsivo, transtornos psicóticos e de personalidade. Vamos conferir alguns deles?

Comunidade da Fepo

Transtornos psicológicos aqui estão os mais comuns

Transtornos psicológicos

Transtorno de ansiedade

Com certeza a ansiedade é um dos transtornos psicológicos mais conhecido dentre todos os distúrbios psicológicos, porém a forma com que ela é lidada na sociedade não é na sua maneira mais verdadeira.

A ansiedade, como muitos dizem ter, é apenas um sentimento (muito comum e frequente), e nesse caso não há motivos para preocupação. Os problemas começam quando esse sentimento interfere no seu dia a dia ou desempenho de atividades comuns.

Terapia online para sua saúde e bem-estar

A ansiedade se tornou, na realidade, uma válvula de escape para muitas pessoas falarem que não pode realizar determinar atividades. Percebemos que a maioria dessas pessoas sequer passaram por um profissional capacitado para realizar o diagnóstico.

O transtorno de ansiedade é um distúrbio sério, e não deve ser levado com negligência. Os sintomas da ansiedade são fortes e influenciam negativamente no cotidiano desse paciente.

Por isso, ao primeiro sinal, procure se consultar com um profissional da área com urgência.

Depressão

Chat de Apoio Emocional

Com o passar do tempo, a depressão se tornou cada vez mais um tema debatido na sociedade. Devemos levar em consideração que os famosos na mídia deram relevância ao tema, o que é de extrema importância para a conversa em relação a depressão.

A depressão nada mais é que um estado de humor deprimido, que pode durar por muito tempo, sendo os sentimentos principais a tristeza e a perca do interesse em atividades comuns.

Atenção, a tristeza e depressão não são sinônimos. Por isso, reforçamos a importância de sempre estar se consultando com o psicólogo ou profissional dessa área.

Caso você esteja passando por um momento difícil, a exemplo do luto, é normal que o sentimento de tristeza tome conta de você por um tempo. Mas isso não significa que você está com depressão, apesar de ter que tomar cuidado para não desenvolver esse transtorno.

O fato é que os depressivos têm sintomas mais voltados para a irritabilidade, problemas e dificuldades com o sono, contratempos com a perda ou ganho de peso, falta de energia, e sensações afins.

Esquizofrenia

Programa de Atendimento Social

A esquizofrenia é um transtorno psicótico em que o paciente passa por alguns distúrbios relacionados a linguagem, ao pensamento (negativos, claro), percepções e por aí vai. De fato, esse transtorno é um dos mais impactantes da nossa lista, então preste atenção nos sinais que vamos listar agora.

A esquizofrenia pode ser reconhecida logo na fase da adolescência, indo para o início da fase adulta, mas os seus sinais são perceptíveis até na infância. Lembre-se de que esse transtorno tem diferentes níveis.

Em duas pessoas diferentes, que possui o transtorno da esquizofrenia, a doença pode se manifestar de formas diferentes e intensidades diversas. Portanto, todo cuidado é pouco.

A ciência ainda não encontrou respostas claras e evidentes acerca das causas da esquizofrenia, porém ela está ligada a alterações genéticas. Isso faz com que o sistema de neurotransmissores do cérebro se torne defeituoso.

Há quem diga que a esquizofrenia pode ser hereditária, mas somente com um diagnóstico feito com os especialistas na área é possível entender sobre as causas.

Transtornos alimentares

Vivemos em uma época em que se valoriza demais a questão estética das pessoas, principalmente mulheres. Criaram um determinado padrão de corpo e todos deveriam, em tese, se encaixar nele.

As mulheres são as mais afetadas desse transtorno já que os homens não são tão cobrados disso, mas esse distúrbio pode alcançar qualquer um, independente do gênero ou idade.

Ocorre que, para se encaixar em um determinado corpo, as pessoas precisam fazer algumas dietas (na maioria das vezes, restritiva até demais), e quando não obtém os resultados esperados, recorrem aos transtornos alimentares, sem nem ao menos perceber isso.

De fato, esse transtorno é mais perceptível nos jovens, então os amigos e familiares devem ser primordiais nesse sentido, até para conseguirem reverter essa situação.

A anorexia, por exemplo, é a perda de peso que ocorre após uma ação intencional, sendo que a recusa de alimentação ou a distorção de sua própria imagem já é caracterizada como um transtorno alimentar.

E, por outro lado, existe a bulimia, que é o fato de comer uma quantidade exagerada de comida, mas logo em seguir eliminar esses alimentos através da indução do vômito. O uso de laxantes, os jejuns muito longos ou exercícios físicos absurdos também são características desses transtornos psicológicos.

Felipe Laccelva

Felipe Laccelva

Psicólogo formado há mais de dez anos, fundador e CEO da Fepo. Fascinado pela Abordagem Centrada na Pessoa, que tem a empatia como eixo central para transformar o ser humano. Sempre buscou levar a psicologia para mais pessoas e dessa forma criar um mundo mais saudável e acolhedor.

Agendar consulta